domingo, 24 de janeiro de 2010

Carnaval ou circo?

Piracicaba já foi conhecida pelo seu Carnaval que atraia muitos turistas nessa época, tanto para os salões quanto para as apresentações de rua. De uns anos pra cá a festa é pura decadência, o desfile é sem graça com enredos e fantasias amadores, além de carros alegóricos (quando há) feitos de isopor e papel laminado.
Esse ano, para piorar o quadro, a maior parte das cinco escolas de samba da cidade não conseguiu prestar contas para a prefeitura do que foi feito com o subsídio do ano passado e consequentemente não vão levar a bolada desse ano, de cerca de R$ 25 mil. Mesmo assim, a prefeitura e a Associação das Escolas de Samba insiste no defile com apenas duas escolas e ainda vai trazer mais uma agremiação do grupo de acesso de São Paulo.
Serão montadas arquibancadas e uma estrutura enorme para um dia de desfile e outro de show na principal avenida da cidade.
Sou a favor da festa popular e de subsídios para escolas sérias, que geram emprego e se profissionalizam para conseguir recursos durante o ano, o que não é a realidade por aqui.
Além disso, tenho o desprazer de morar nessa avenida onde todos os anos assisto de camarote na sacada do meu apartamento a um desfile quase patético, pois são ao menos dois dias sem conseguir dormir!
Será que não era hora de investir esse dinheiro em algo mais produtivo e que traga mais benefícios para a cidade?

4 comentários:

  1. Eita Flavinha, mas vc tinha que morar na mesma avenida do Carnaval?? Tadinha ...

    Pois é, nós, moradores de cidades do interior, sabemos bem o que é a decadência do carnaval ... já não se fazem festas como antigamente, principalmente aquelas que assistimos nas novelas antigas!!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Odeio carnaval.... Odeio tudo relacionado a carnaval, odeio TV em epoca de carnaval, odeio desfile de escola de samba, odeio, odeio, odeio... se eu pudesse dormia os 4 dias! Pra mim é bem assim

    ¨"Na quarta feira é a volta pra realidade que arde
    Acaba a comemoração apaga a televisão pra não gastar a eletricidade
    Como na Cinderela carruagem volta a ser abóbora
    E na favela o carro alegórico some
    E volta às sobras: sobra de feira, sobre de terra, sobra de chão
    Sobre de lama, sobra de bala perdida, sobra de comida
    Pra mucama, mucama que nada exclama, que não reclama, que não se inflama
    Se acalma vendo novela, pois na tela todo mundo ama
    Todo mundo mas na vida real todo mundo se odeia
    E ódio gera ódio, um sobe no pódio, outro serve a ceia
    Ceia no natal, tem Xuxa no carnaval
    Mucama deitada na cama beijinho beijinho pau pau. Tchau!
    Eu só vou te usar, você não é nada pra mim
    Já temos outra pra botar no seu lugar - Pirlimpimpim!
    Abracadabra, é como mágica, mas não é abra-te Sésamo
    Porque aqui as portas só se fecham
    Bum! É menos uma oportunidade
    Não é só a quarta feira que é de cinzas, na verdade é a semana inteira
    Quinta, sexta, sábado e domingo e segunda
    E o povo mucama continua sorrindo levando nas coxas, levando na bunda
    Mas não faz mal, porque depois melhora tudo, ham, no Carnaval ¨

    Musica verdadeirissima do Cidade negra!

    ResponderExcluir
  3. Claro que vai demorar pra vc virar sogra Flavinha ... pelo menos uns 15 anos, lembra que vc prometeu a mãozinha do Enrico pra Clarinha? hhahahahahahha

    Beijos!

    Sah

    ResponderExcluir

Deixe seu pitaco!