quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

A Culpa é do Fidel

Anna de la Mesa (Nina Kervel-Bey) tem 9 anos, mora em Paris e leva uma vida regrada e tranquila, dividida entre a escola católica e o entorno familiar. O ano é 1970 e a prisão e morte do seu tio espanhol, um comunista convicto, balança a família. Ao voltar de uma viagem ao Chile, logo após a eleição de Salvador Allende, os pais de Anna estão diferentes e a vida familiar muda por completo: engajamento político, mudança para um apartamento menor, trocas constantes de babás, visitas inesperadas de amigos estranhos e barbudos e até manifestações de rua. Assustada com essa nova realidade, Anna resiste à sua maneira. Aos poucos, porém, realiza uma nova compreensão do mundo.
O nome do filme vem da explicação que a babá cubana de Anna, Filomena, dava sobre sua vida. Ela dizia que tudo era culpa do Fidel e que por causa dele teve de deixar o país de origem.

Vale a pena ver o mundo do ponto de vista sensível das crianças e a atuação da garotinha personifica uma verdadeira Mafalda, dos quadrinhos do argentino Quino, às avessas.

2 comentários:

  1. Flavia e suas dicas excelentes...

    ResponderExcluir
  2. Vou assistir Flavinha, depois eu te falo o que eu achei!

    Beijos!

    Sah

    ResponderExcluir

Deixe seu pitaco!