terça-feira, 22 de setembro de 2009

Cidadãos verdes

Sempre me pergunto o que posso fazer para melhorar o meio ambiente. Não sou ativista do Greenpeace, nem ministra do meio ambiente e muito menos dona de uma indústria poluidora. Hoje, Dia Mundial Sem Carro, é uma boa data para refletirmos nossas atitudes.
Não adianta deixar o problema para os políticos e grandes empresários resolverem. São pequenas atitudes no nosso dia-a-dia que podem fazer a diferença na construção de um planeta mais saudável, começando pela nossa cidade.
Nessa linha, vale a pena conferir e colocar em prática as dicas do "O livro verde" (Editora Sextante), de Elizabeth Rogers e Thomas Kostinger, que ensina mudanças de hábito que reduzem a nossa pegada no meio ambiente sem tom pedagógico, de maneira leve. Os autores acreditam na ideia de que é possível consumir de maneira sustentável sem abrir mão dos confortos da vida moderna.
Algumas dicas do livro: prefira notebooks a desktops, já que a computador compacto consome bem menos energia; evite imprimir, mas, se não tiver jeito, imprima no modo econômico; mantenha pneus calibrados, para que eles durem mais e não aumentem o consumo de combustível do carro. Vamos aderir?


Sem carro
No Dia Mundial sem Carros fica o apelo para que haja investimento no transporte público e nas ciclovias para que tenhamos opções confortáveis para trocar nosso carro por outras formas de nos locomovermos!
Trocar o carro pelo transporte público, pela bicicleta, pela carona solidária ou mesmo por uma caminhada apenas um dia, não resolve os problemas da sociedade contemporânea. Mas é, sem dúvida, um convite à reflexão.
O paulistano passa em média 2h43 todos os dias no trânsito, segundo cálculo feito pela ONG Movimento Nossa São Paulo. Já imaginou o que as pessoas poderiam fazer de mais útil e positivo nesse tempo que passam presas dentro de seus carros?

7 comentários:

  1. Nóis passa Flavinha, nóis passa ... é que as vezes os assuntos sao tão complexos que eu nem sei o que comentar ... hahahahahahahahaha

    Beijos!

    Sah

    ResponderExcluir
  2. menina, eu acho bacana essas iniciativas, e até pensei em aderir, mesmo sabendo que é aquela velha história... ¨acho q não adianta nada só eu deixar o carro em casa, pq a grande maioria n vai deixar¨ Mas.... Choveu o dia todo e tive que levar as crianças na escola de carro, e depois ir buscar... Olha eu sei que carro polui e tudo mais, mas pegar onibus lotado com criança, ninguém merece... eu acho q se so meios de transporte coletivos fossem melhores.. seria mais fácil deixar o carro em casa... bjss

    ResponderExcluir
  3. Ótimo post como sempre né amiga... Moro em uma cidade com aproximadamente 80.000 habitantes e aqui o carro não seria problema,mas ficar sem carro em cidade grande é complicado mesmo. É como vc disse, tem q haver melhorias significativas no transporte coletivo.
    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Flavinha, é assim: você escreve a palavra ou frase e seleciona. Depois vai no quadradinho do link no editor de posts e escreve o link lá ...

    Beijos!

    Sah

    ResponderExcluir
  5. Huahuahuahuahuahuahuahuahuahuahua ... Sah tá com os neurônios em curto!!!

    Pois é, todo mundo reclama do ar, disso e daquilo, mas ninguém faz nada pra mudar isso!! Entra ministro, sai ministro e sempre o que vemos é o interesse do que têm mais dinheiro se prevalendo sobre os demais!!

    Sem contar o estado do transporte público ... vergonha!!

    Ou então a poluição dos rios ...

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  6. Bom diaaaa.. O tema da semana já está disponivel no Mel´s Diary .

    ResponderExcluir
  7. Pois é...quanto tivermos a coragem de tocar no ponto: CONSUNIR MENOS DE TUDO QUE VC GOSTA OU "Acha QUE PRECISA", talvez algo mostre um rumo !

    ResponderExcluir

Deixe seu pitaco!